COSTA BRANCA FM 104,3 AO VIVO

sábado, 25 de julho de 2015
 O deputado Souza foi enfático ao dizer que é preciso entender que existe uma decisão da justiça que concedeu prazo de 30 dias para as famílias desocupem as terras.  Ainda segundo o deputado, na próxima segunda-feira, 27, ele terá audiência com o governador Robinson Faria (PSD) e vai apresentar esse problema. “O Governo do Estado precisa participar dessa ação, até porque foi o Estado quem concedeu os títulos de posse”, externou o deputado.
O prefeito de Tibau, “Naldinho”, disse às famílias que a prefeitura está disponibilizando a assessoria jurídica para que junto com o advogado das associações possam encontram uma solução e reverter a situação. “Que seja feita justiça para essas famílias que moram há mais de vinte anos naquelas terras e lá produzem e são criadores”, observou o prefeito.

Aproximadamente 200 famílias residentes nos assentamentos Lagoa de Salsa e Vila Nova, que ficam na divisa do Rio Grande do Norte com Ceará, estão sendo ameaçadas para deixarem o local. Na audiência pública, a participação de várias famílias dos mencionados assentamentos, receberam o apoio de autoridades políticas, como prefeito do município de Tibau, Josinaldo Marcos de Souza “Naldinho” (PSD), deputado estadual Manoel Cunha Neto, “Souza” (PHS), vereadores de Tibau e do município de Icapuí (CE), representantes sindicatos, associações, Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado do Rio Grande do Norte (Fetarn) e assessorias jurídicas.
O presidente da Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado do Rio Grande do Norte (Fetarn), Manoel Cândido, disse que esta não é a primeira situação desta natureza, e que a maioria delas foram vencidas. “Vamos vencer esta luta em nome dos trabalhadores. Vamos resistir e encontrar uma solução para que essas famílias continuem em suas terras, onde já estão a mais de 20 anos”, disse.

Top

Usuarios Online