COSTA BRANCA FM 104,3 AO VIVO

sábado, 11 de junho de 2016
 Prefeita Lidiane  participou da audiencia publica
Plenario da câmara ficou lotado
Vereadores presentes a audiencia publica
As divergências nas extensões das áreas medidas, as registradas em cartório, as leiloadas e as pretendidas pela Faculdade de Enfermagem Nova Esperança (FACENE) nas comunidades rurais Morro Pintado e São Cristóvão, em Areia Branca, na região Costa Branca, pontificaram na audiência pública realizada pela Assembleia Legislativa na manhã desta sexta-feira, 10, na Câmara Municipal da cidade, para discutir a reintegração de posse. .Diante dos conflitos e da reação dos moradores à presença da Facene na área em questão, a decisão ao final dos debates foi encaminhar documentos à Secretaria do Patrimônio da União (SPU) mostrando esses erros no processo. Vamos solicitar que o Ministério Público Federal seja provocado para manifestar na ação trabalhista, que em face de tantas divergências, seja realizado estudo da cadeia dominial do imóvel. Também vamos encaminhar solicitação à Prefeitura de Areia Branca que se manifeste em defesa dos dois distritos, onde se localiza área em questão”, afirmou o deputado Manoel Cunha Neto, “Souza” (PHS), propositor da audiência pública.

Top

Usuarios Online