COSTA BRANCA FM 104,3 AO VIVO

quarta-feira, 12 de julho de 2017
Deputado Getúlio Rego 
O deputado estadual Getúlio Rêgo (DEM) se livrou do processo por suposto uso de “fantasma” na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte. Ele havia nomeado um servidor que nunca prestou serviço, tendo em vista que reside em São Paulo. A denúncia feita pelo Ministério Público Estadual (MPRN), por consequência da Operação Dama de Espadas, foi rejeitada nesta quarta-feira (12) pelo Tribunal de Justiça (TJRN). O desembargador Ibanez Monteiro, relator do processo, assim como Judite Nunes e Gilson Barbosa, votaram pelo recebimento da denúncia. Mas, foram vencidos pela maioria composta pelos desembargadores Saraiva Sobrinho, Claudio Santos, Cornélio Alves, Dilermando Motta, Vivaldo Pinheiro e Zeneide Bezerra. O procurador-geral de Justiça, Eudo Leite, que estava presente ao julgamento, avisou que vai recorrer da decisão. “O caso é grave, mas o Tribunal entendeu que os aspectos técnicos não são suficientes para abrir um processo. Vamos recorrer”, disse.


Top

Usuarios Online