COSTA BRANCA FM 104,3 AO VIVO

quinta-feira, 19 de outubro de 2017
Aírton Torres
Maior produtor de sal do país, o RN produz aproximadamente seis milhões de toneladas por ano, segundo dados do Sindicato das Indústrias de Extração do Sal do Estado. O setor, além de relevante para a economia local, gera mais de 70 mil empregos diretos ou indiretos. A maior parte da produção de sal do RN é destinada ao mercado interno, principalmente à indústria alimentícia, pecuária e consumo humano. Ao contrário de outros produtos como grãos e carnes, somente de 15% a 20% do sal extraído em solo potiguar é vendido para outros países. Segundo Airton Torres, vice-presidente do Sindicato das Indústrias de Extração do Sal do Rio Grande do Norte, o Código Florestal prejudicou a atividade no estado. Isso porque a lei definiu quais áreas podem ou não operar ocupando margens de rios e cursos de água.  “O Código (Florestal) deixou a atividade salineira aqui do RN de fora da permissão”, lamentou.

Top

Usuarios Online