terça-feira, 7 de maio de 2019
Desembargadora Zeneide Bezerra recebeu o selo entregue pelo presidente do TJRN, João Rebouças
O gabinete da desembargadora Maria Zeneide Bezerra foi o quarto a ser reconhecido pela Presidência do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN) com o selo “Gabinete 100% Digital”, reconhecimento conferido às unidades que zeraram todos os seus processos físicos, conclusos ou pendentes de análise, e passaram a trabalhar apenas com processos eletrônicos no sistema PJe. O presidente do TJRN, desembargador João Rebouças, realizou a entrega do selo na manhã de segunda-feira, 6, para a magistrada e sua equipe. A integrante da Corte de Justiça potiguar ressaltou que o resultado, alcançado por meio de um mutirão no gabinete, exigiu dedicação e sacrifícios dos servidores. “Nossas famílias precisaram entender nossas ausências em certos momentos”, relembra, em tom emocionado, a desembargadora Zeneide Bezerra, a qual relembrou que, desde 22 de fevereiro, quando do recebimento de processos volumosos, foi necessário a adoção de escalas especiais, nos fins de semana e feriados. “Somos coletivos. Somos plurais aqui. Temos amor a nossa instituição, o Poder Judiciário”, completou Zeneide Bezerra. “Chegamos a nos impressionar com os volumes dos processos que nos chegavam”, acrescenta, ao definir o TJRN como um dos tribunais mais inovadores e de maior caráter social, quando comparado as atividades de projetos sociais de outras Cortes do país.
Para o desembargador presidente a meta é que até setembro todos os 15 gabinetes do TJRN tenham zerado, em sua totalidade, os processos físicos. O gabinete do próprio presidente, do vice-presidente, desembargador Virgílio Macêdo Jr, e do corregedor geral de Justiça, desembargador Amaury Moura Sobrinho, foram os primeiros a atingir a meta da nova gestão. “Isso é uma resposta a sociedade e queremos oferecer o melhor serviço à sociedade, melhorando a celeridade dos nossos julgamentos”, enfatiza o desembargador João Rebouças.

Top

Usuarios Online