sábado, 10 de agosto de 2019
A prefeita Iraneide Rebouças (PSD), acompanhada do gerente de Pesca, David Azevedo, participou na manhã desta sexta-feira, 9, de uma reunião com os diretores da empresa Norte Salineira (Norsal) e o professor Maulori Curié, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Durante o encontro, o professor apresentou a proposta do projeto “Proalga” desenvolvido em parceria pela Universidade Federal do RN (UFRN), UFRJ e Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa) que utiliza o cultivo de macroalgas em ambiente marinho fechado, contribuindo para a autossuficiência na produção de potássio e outros produtos algáceos, além da geração de empregos e renda na região de Areia Branca e arredores.
A prefeita Iraneide Rebouças disse ter total interesse, uma vez que gera ocupação no município. Ela disse ainda que apoia pessoalmente um projeto piloto em Ponta do Mel, e que vai esperar a apresentação de um projeto embrionário para que o município possa avaliar. Já os representantes da Norsal, os gerentes industrial e administrativo, Olavo Pimenta e Gilvan Ferreira, além de Sérgio Bedaqui, informaram que vão levar o assunto para a análise da matriz, em São Paulo. “Com essa apresentação espero que o Brasil desperte e Areia Branca, por meio dos pilares gestão municipal, empresarial e acadêmico, seja protagonista do negócio”, disse Maulori Curié.


Top

Usuarios Online