sábado, 30 de novembro de 2019
O câncer de pele é o câncer mais frequente no Brasil e corresponde a 25% de todos os tumores malignos registrados no país. De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (INCA), para o ano de 2019, estimam-se que sejam registrados 85.170 novos casos de câncer de pele não melanoma entre homens e 80.410 entre mulheres em todo o país. Esses valores correspondem a um risco estimado de 82,53 casos novos a cada 100 mil homens e 75,84 para cada 100 mil mulheres. A doença é provocada pelo crescimento anormal e descontrolado das células que compõem a pele. “Pessoas acima de 40 anos e com histórico de exposição solar em excesso, bem como as que possuem pele e olhos claros são as mais atingidas. Os principais sinais de alerta são a presença de um sinal ou pinta que cresce de forma irregular, sinal de coloração muito escura ou com variações de cor”, explica o médico cirurgião de cabeça e pescoço da Liga Mossoroense de Estudos e Combate ao Câncer (LMECC), Dr. Jorge Moura.

Top

Usuarios Online