domingo, 3 de novembro de 2019
Prefeita Iraneide
A Queda do Fundo de participação dos Municípios (FPM) que é o fundo que o Governo Federal repassa aos municípios, é a maior dos últimos anos, e impacta as finanças dos municípios do Rio Grande do Norte. Entre os meses de julho e outubro historicamente há queda nos repasses federais por ser o período em que o Governo faz a restituição do Imposto de Renda, só que dessa vez a queda se acumulou até culminar no mês de outubro com a maior dos últimos anos, caindo 43% do previsto. A constante queda de receita tem sido uma preocupação para os prefeitos, principalmente em relação ao FPM, cuja arrecadação é destinada em boa parte para o pagamento de pessoal, convênios e custeio da máquina administrativa. No caso de Areia Branca, por exemplo, a prefeita Iraneide Rebouças (PSD) tem feito malabarismo para manter os compromissos com os servidores (pagando salários em dia), fornecedores e prestadores de serviços, além do custeio de obras de infraestrutura em andamento em diversos setores da cidade. Essa queda expressiva nos repasses do FPM em outubro, impacta as finanças municipais, considerando que os gestores ainda estão meio à crise financeira que assola o país. A prefeita Iraneide  esta preocupada com as quedas constantes dessa importante receita.

Top

Usuarios Online