sexta-feira, 3 de janeiro de 2020
Bárbara França com Jordan Giovanny, mais um reforço do Progressistas no município
O pré-candidato a vereador, Jordan Giovanny de Lima Souza, 25 anos, advogado, dava sinais de que sairia pelo Partido Comunista do Brasil (PCdoB) no pleito vindouro deste ano.  No entanto, devido à falta de atenção da liderança da oposição, o mesmo optou por se desvincular e, agora, assume a vice-presidência do Partido Progressista (PP). Segundo o mesmo, ainda não havia tido a filiação política ao PCdoB, razão pela qual não se tratou de uma saída do partido, o que tinha era um pretensão de ser candidato por aquele partido. Porém, devido à ausência de respaldo com sua forma simples de fazer política, o mesmo passou a ser excluído pela liderança da oposição, o qual o PCdoB se alinhou. Jordan disse que não tem o que se queixar do PCdoB, principalmente pelo acolhimento que teve. Todavia, a falta de alinhamento se deu com a liderança da majoritária, que vem deixando claro sua preferência por: 1° vereadores de mandato; 2° candidatos que já foram políticos; e, 3° futuros candidatos que possuem poder econômico ou influência. Como Jordan não se encaixava em nenhum desses perfis, fazendo um tipo de política inovadora, com ações de cidadania, conscientização política e fortalecimento da juventude, o mesmo sentiu-se excluído. Mas o jovem advogado diz que não levou pro lado pessoal, até por que são coisas que, infelizmente, ainda fazem parte da velha política de Areia Branca. Agora, no PP, a convite da presidente Bárbara França, disse estar feliz pela confiança depositada, pretendendo, mais do que nunca, ser o porta-voz dos mais desassistidos, principalmente dos jovens, estudantes e pessoas carentes da nossa cidade. Por fim, Jordan ressaltou, em nossa conversa, que não tem compromisso com políticos, mas com o povo de Areia Branca.

Top

Usuarios Online