quinta-feira, 21 de maio de 2020

Policiais civis da Delegacia Especializada em Furtos e Roubos (DEFUR) de Mossoró prenderam, na tarde desta quinta feira 21 de maio de 2020, Breno de Oliveira Nunes, 18 anos, investigado por ter cometido um latrocínio (roubo seguido de morte) no dia 14 de maio em Mossoró na região oeste Potiguar. Durante a abordagem ao suspeito, foram encontradas com ele várias munições calibre 38. De acordo com as investigações, os policiais da DEFUR, tendo a frente o delegado Rafael Arraes, constataram que Breno de Oliveira é apontado como um dos suspeitos de terem matado o técnico da operadora de telefonia OI, Aribanaldo Soares da Silva de 49 anos, durante um assalto, crime ocorrido no Bairro Sumaré em Mossoró. (Relembre o caso) Após a prisão, o suspeito confessou que efetuou um disparo de arma de fogo contra a vítima, utilizando um revólver calibre 38 e que teve apoio de um amigo, que pilotou a motocicleta roubada, utilizada no dia do crime. De acordo com Breno de Oliveira, a vítima teria reagido ao roubo. No momento da prisão, os policiais civis apreenderam com o suspeito doze munições calibre 38, um celular roubado e a quantia de R$ 220,00, que provavelmente foi obtido com a venda de aparelhos celulares roubados. Ele foi autuado em flagrante pelos crimes de porte ilegal de munição e resistência à prisão. Breno de Oliveira foi conduzido até a Delegacia e encaminhado ao sistema prisional, onde permanecerá à disposição da Justiça. A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181 ou pelo WhatsApp DEFUR Mossoró 98135-1586. Fonte: Assessoria de Comunição da PCRN Do Fim da Linha

.

Top

Usuarios Online