terça-feira, 14 de julho de 2020
Prefeito vai proibir venda de bebidas na cidade
Em reunião com vereadores, secretaria de saúde, e representantes de igrejas  o prefeito Mauricinho discutiu com os presentes a retomada das atividades religiosas no município, e tomou outras providências. Ficou decidido que no novo decreto que será publicado nos próximos dias, as igrejas deverão funcionar com 20% de sua capacidade, devendo respeitar a distância de 02 metros entre as pessoas, e realizando a desinfecção ao final da reunião; Os fiéis só poderão entrar usando máscaras, e terão que passar por uma aferição da temperatura na entrada; Fica proibido o uso de ar-condicionado nas igrejas e templos; Possibilita a chamada "igreja itinerante", devendo cada uma adotar as medidas de distanciamento social e protocolos sanitários, evitando a aglomeração durante a atividade religiosa, sendo permitido até 05 pessoas. Durante a reunião, Mauricinho disse que irá proibir novamente a venda de bebidas alcoólicas em todos os estabelecimentos do município, estando sujeitos a aplicação de multas que podem variar entre R$ 100,00 e 1.000 mil. O uso de máscaras em vias públicas e estabelecimentos comerciais serão fiscalizados e quem for flagrado descumprindo o decreto, poderá ser multado. O valor ainda será definido.

.

Top

Usuarios Online