quarta-feira, 5 de agosto de 2020

A nossa imprensa potiguar esta de luto  pelo falecimento de Ruy Maurício, ocorrido nas primeiras horas da manhã desta quarta-feira (5). O radialista faleceu em casa, no bairro Alto da Conceição, zona sul de Mossoró. Ruy Maurício era cardiopata e hipertenso. Nos últimos dias estava debilitado, segundo colegas radialistas. Ele tinha 63 anos. Francisco Mauricio da Cunha nasceu no município de Angicos/RN, em 18 de janeiro de 1957; filho de Manoel Mauricio Filho e Luiza Mauricio da Costa. Era casada com Marlene Dantas Fernandes. Ruy Maurício deu os primeiros passos como comunicador em meados da década de 70, trabalhando como locutor de portas de loja e carros de som. Em 1974, recebeu a primeira oportunidade no rádio, fazendo teste para ser noticiarista na Rádio Poti, de Natal. Depois seguiu carreira passando pela Rádio Correios, João Pessoa-PB; Rádio Borborema, Campina Grande-PB; Rádio Progresso, Souza-PB; Rádios Difusora e Alto Piranhas, Cajazeiras-PB; Rádio A Voz do Sertão, Serra Talhada; Rádio Libertadora, Caruaru-PE; Rádio Capibaribe, Recife-PE; Rádio Vale do Cariri, Juazeiro do Norte-CE; Rádio Cultura, Várzea Alegre; Rádio Subaé, Feira de Santana-BA; Rádio Princesa do Vale, de  Assu-RN. O primeiro trabalho em Mossoró foi na Rádio Libertadora, em 1987. Em seguida foi contratado pela Rádio Rural e depois pela Rádio Difusora. Também foi diretor de programa da rádio FM Costa Branca (104,3) de Areia Branca. Ruy apresentava o programa “Nelson Canta pra Você”, todos os domingos na Rádio Difusora de Mossoró. Ruy Maurício também foi presidente do Sindicato dos Radialistas de Mossoró e região.


.

Top

Usuarios Online