quarta-feira, 16 de setembro de 2020


Inelegível por condenação na esfera criminal mantida pelo Tribunal Regional Federal da 5ª Região, o líder da bancada rosalbista na Câmara Municipal Alex Moacir (PP) anunciou  ontem  que não será candidato a reeleição. Ele tentou suspender os efeitos da condenação a 6 anos de prisão por envolvimento em esquema de desvios de recursos da Fundação Vingt Rosado, mas o pedido foi rejeitado. Moacir já tinha confidenciado aos colegas que não tentaria a reeleição porque sabia que teria o registro de candidatura negado pela Justiça Eleitoral. Em vídeo ele fez o anúncio e agradecimentos sem mencionar o motivo da desistência.  Aléx Moacir foi secretário municipal de serviços urbanos nas duas gestões da ex-prefeita Fafá Rosado (2005/2012) e está exercendo o segundo mandato de vereador. Há oito anos ele bateu um recorde se tornando o vereador mais votado da história de Mossoró com 4.701 votos. Ele ainda foi presidente da Câmara Municipal e prefeito de Mossoró na condição de interino.

.

Top

Usuarios Online