quarta-feira, 11 de novembro de 2020


Mesmo a segurança pública sendo uma obrigação do Estado, a prefeita de Areia Branca, Iraneide Rebouças (PSDB), nunca deixou de dar suporte e dedicar toda a atenção ao setor com o objetivo de reduzir a violência e aumentar a sensação de segurança entre os cidadãos areia-branquenses. A segurança municipal atua hoje com 68 Guardas Civis efetivos e 36 vigilantes, divididos entre zonas urbana e rural nos períodos matutino, vespertino e noturno. Areia Branca conta com área territorial de 342,749 km², distribuída entre zona urbana e zona rural. Ao mesmo tempo, o aparato de segurança municipal precisa cobrir todos equipamentos públicos do município, eventos e realizar ronda extensiva. Assim, tanto a forma distante e espaçada entre os locais, como o quantitativo enorme de espaços dificulta o trabalho de segurança e monitoramento. Para sanar essas deficiências, a prefeitura já trabalha a ampliação de uma política municipal de segurança, criando uma unidade de ronda extensiva para zona rural, aperfeiçoar a vigilância de rua e do patrimônio público com investimentos contínuo em equipamentos, treinamentos e uso das tecnologias digitais de vigilância. Entre as novas propostas para o setor, a prefeita Iraneide Rebouças pretende colocar em prática o “Plano Areia Branca Segura”, estruturado nos seguintes eixos:  Promover a segurança local, por meio da criação do “Plano Segurança em rede” que visa atuar de forma integrada com a Polícia Militar (ostensivo geral e trânsito), Polícia Civil, e Polícia Rodoviária Federal, envolvendo sempre que possível, o Ministério Público e demais instituições associadas a temática;Criar o “Programa Zona Rural Segura”, por meio de um pelotão específico de ronda extensiva na zona rural e ampliar o videomonitoramento nas comunidades 24 horas por dia; Criar o “Programa Qualificação Segura” visando à formação e capacitação permanente da Guarda Municipal de Areia Branca. Dentro dessas propostas, a gestão dará continuidade na elaboração do Código de Ética para a Guarda Patrimonial e Guarda Municipal, bem como lutar pela instalação de uma Companhia da Polícia Militar na cidade de Areia Branca, e a criação de um pelotão de Polícia Militar em Ponta do Mel, ampliar os números de viaturas municipais de segurança para as zonas urbana e rural.

A gestão da segurança pública continuará o fornecimento de fardamento a todos os guardas civis municipais e vigilantes (padrão nacional) e vai trabalhar para viabilizar armas para a Guarda Municipal para auxiliar no combate à proliferação da criminalidade. Outra importante proposta na área da segurança municipal, é implantar a Corregedoria para melhorar a fiscalização dentro da guarda e garantir aquisição de recursos Federais, dar continuidade na criação do Plano Municipal de Cidadania e Defesa Social, assim como implementar o Código Municipal de Defesa Social. Www.costabrancanews.com


.

Top

Usuarios Online