sexta-feira, 12 de fevereiro de 2021

Diretores de escolas públicas e privadas e técnicos da Vigilância Sanitária Municipal de Tibau participaram na quarta-feira, 10, de encontro com a auditora fiscal, Edna Rebouças, e a enfermeira fiscal, Ana Isaura Almeida, da Vigilância Sanitária (Visa), da II Unidade Regional de Saúde Pública (II Ursap), com sede em Mossoró. Eles discutiram sobre a implantação do Plano de Segurança Nacional para o município de Tibau para prevenção da Covid-19, tendo ainda como objetivo orientar o trabalho das secretarias de Saúde e de Educação, unidades escolares, gestores e demais profissionais, estudantes e seus familiares, para fundamentar a elaboração dos protocolos que integrarão o Plano de Retomada das Atividades Escolares, incluindo as recomendações de cunho organizacional e pedagógico que devem ser desenvolvidas pelas escolas e sistemas de ensino no Rio Grande do Norte. De acordo com a secretária municipal de Educação de Tibau, Maria do Socorro Nascimento, as escolas devem definir a retomada das aulas de forma gradual, por meio de rodízio, de acordo com percentual e periodicidade estabelecidos em conjunto entre o Sistema de Ensino e os órgãos de Saúde e Comitê de Especialistas.

“Essa retomada gradual será feita conforme o número de estudantes de cada escola, tendo o cuidado para garantir a segurança da comunidade escolar, organizando por turno de funcionamento, como forma de evitar aglomerações no espaço escolar”, ressaltou a secretária. Ela ressaltou ainda que a retomada das aulas de forma gradual, por meio de rodízio, deve-se levar em consideração que o percentual a ser estabelecido, seja em média de 30% dos estudantes. Esse mesmo percentual, ou seja, 30 por cento, será igualmente o quantitativo de funcionários terceirizados e pessoal de apoio adequado e seguro para funcionamento da unidade escolar, no que diz respeito às normas de higienização e serviço de merenda. Participaram da reunião, a secretária municipal de Educação, Maria do Socorro Nascimento, a coordenadora municipal da Vigilância Sanitária de Tibau, Marina Alves Justino de Oliveira, e os fiscais da Visa, Pedro Irenilson, José Ítalo e Jonara Martins.




.

Top

Usuarios Online