quinta-feira, 16 de setembro de 2021

Os idosos da Fundação Rita Fernandes de Areia Branca tiveram nesta quarta-feira, 15, uma tarde de muita alegria e descontração com a cozinhaterapia, onde puderam interagir com os alimentos. Uma importante ação sociointerativa para ajudar na mobilidade manual. O contato dos internos com a parte alimentar resulta em um maior sucesso quando o assunto resgata alguma questão emocional. “Resgatar memórias alimentares é o mesmo que resgatar o passado, a memória afetiva associada com algum período que já estava esquecido, mas que é tão importante recordar. Nesta tarde agradável trabalhamos corpo, mente e coração!”, explicou a enfermeira Hanna Perreira, responsável técnica pela instituição.

.

Top

Usuarios Online